• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Assembleia Legislativa debate impactos da venda dos Correios  

Para a deputada estadual Beatriz Cerqueira, autora do requerimento para a audiência, privatização é destruir um serviço essencial para o povo brasileiro 

Publicado: 21 Agosto, 2019 - 14h57 | Última modificação: 21 Agosto, 2019 - 15h03

Escrito por: ALMG

Sintect-MG
notice

Nesta quarta-feira (21), às 19 horas, será realizada Audiência Pública da Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social  da Assembleia Legislativa (ALMG) para debater os efeitos de eventual privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, anunciada pelo governo federal. Jairo Nogueira Filho, secretário-geral, vai representar a Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), no debate.

A deputada Beatriz Cerqueira, autora do requerimento para a Audiência,  explica que o objetivo do debate oficial é  explicar à população que privatizar os Correios - como pretende o Governo Federal-  é destruir um serviço essencial para o país.

Para a parlamentar, vender os Correios significaria desmontar uma estatal fundamental para a soberania brasileira e que presta serviços essenciais para a vida dos brasileiros. "São os Correios que realizam serviço bancário, eleitoral, de documentação judiciária e até de saúde, como a distribuição de vacinas e de sangues para transfusão, em regiões onde nenhum outro órgão público tem acesso. Já pensou entregar esses serviços para a iniciativa privada? Perderia-se muito da segurança e da universalidade do atendimento, " destaca.

A deputada também ressalta que as condições de trabalho nos Correios seriam precarizadas com a privatização o que refletiria, rapidamente, na perda da qualidade e confiabiabilidade dos serviços prestados à população.

Caption