• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT/MG, sindicatos e federações organizam Semana de Lutas contra a reforma da Previdência

Dia Nacional de Lutas, 19 de fevereiro, integra agenda de enfrentamento com mobilizações, paralisações e atos

Publicado: 08 Fevereiro, 2018 - 13h18

Escrito por: Rogério Hilário

notice

Em reunião realizada na quarta-feira (7), na sede da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), a Diretoria Executiva da Central, dirigentes de sindicatos, regionais e federações CUTistas debateram e definiram as próximas ações contra a reforma da Previdência, seguindo a orientação da CUT Nacional. As atividades, que envolvem paralisações, mobilizações e atos, farão parte de uma Semana de Lutas, que incluirá o Dia Nacional de Lutas, 19 de fevereiro, data em que, inicialmente, estava prevista para a votação da reforma na Câmara dos Deputados. Servidoras e servidores públicos municipais, estaduais e federais e as categorias da iniciativa privada estão engajados na luta contra a pauta golpista.

Em assembleias, as categorias vão construir e organizar mobilizações descentralizadas pela manhã do dia 19 de fevereiro, com paralisações e protestos em todo o Estado e um ato conjunto será realizado em Belo Horizonte, às 16 horas, na Praça Sete. O diálogo com trabalhadoras e trabalhadores e toda a população prosseguirá durante toda a semana, até o dia 23, com panfletagens e manifestações em vários pontos da capital e do interior.

“Nosso processo de luta não vai se limitar ao dia 19 de fevereiro. Temos uma agenda de enfrentamento. Esta é a última chance do Temer de aprovar a reforma da Previdência antes do período eleitoral. Vamos construir uma semana intensa, com unidade, ampliar nossa capacidade de luta e disputar corações e mentes”, afirmou a presidenta da CUT/MG, Beatriz Cerqueira.

carregando