• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Eletricitárias, eletricitários e Sindieletro por inclusão na prioridade na vacinação

Publicado: 02 Abril, 2021 - 16h26

Escrito por: Sindieletro/MG

notice

A deputada estadual Beatriz Cerqueira (PT) apresentou requerimento na última quinta-feira (31) para que o Governo do Estado tome providências para que todos os trabalhadores da Cemig e da Copasa, inclusive os terceirizados, que atendam o público, sejam incluídos nos grupos prioritários para imunização contra a covid-19.  

A deputada cita o alto risco de contaminação ao qual os trabalhadores da empresa estão expostos. O Sindieletro vem denunciando, ao longo da pandemia, surtos em localidades da Cemig. Já são doze os eletricitários falecidos – sete deles eram da ativa. A situação da pandemia de coronavírus está mais crítica do que nunca. Com mais de 300 mil mortos no país, não há um Estado brasileiro que não esteja em alerta. A vacinação caminha a passos lentos, e as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) estão quase lotadas; em algumas cidades, já não há mais vagas. Nesta sexta-feira (31), mais um recorde foi alcançado: o país chegou a 3.869 mortes nas últimas 24h.  

Minas Gerais tem mais de 2.000 pacientes com covid-19 à espera de um leito. Para tentar frear os casos e desafogar os hospitais, o governador Romeu Zema decretou a Onda Roxa (fase com medidas mais restritivas, como o toque de recolher) em alguns locais. Posteriormente, todo o Estado foi incluído na Onda Roxa e assim segue, inicialmente, até o dia 11 de abril. Ou seja: o cenário caótico e preocupante do Brasil está mais que claro.

Por mais que o distanciamento social e o uso de máscara e outras medidas de higiene sejam cruciais para evitar a contaminação, a vacina é a única saída definitiva. Por isso, nossa categoria, que trabalha diretamente com o público, precisa ser protegida o quanto antes, para não se contaminar e não ser vetor de transmissão para os consumidores, seus familiares e colegas de trabalho.  

Vamos acompanhar e pressionar para que os eletricitários sejam incluídos no grupo prioritário! Vacina para a categoria eletricitária já!