• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em reunião, Sindieletro e Cemig tratam das reivindicações da categoria

Greve e mobilização conseguem pautar o debate e os anseios de eletricitárias e eletricitários

Publicado: 11 Junho, 2018 - 15h33 | Última modificação: 11 Junho, 2018 - 17h01

Escrito por: Sindieletro-MG

SINDIELETRO-MG
notice

Na sexta-feira (8), ocorreu mais uma reunião de negociação entre o Sindieletro e a gestão da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) para tratar do conjunto de reivindicações da categoria. Participaram do encontro o diretor de Relações Institucionais e Comunicação (DRC), Thiago de Azevedo, e o coordenador do Comitê de Negociações da Cemig, Anderson Ferreira. Marcada para as 16 horas, a negociação durou até aproximadamente às 18 horas.

Em primeiro lugar, lembramos que a reunião só ocorreu após pressão da categoria e foi fruto de um processo de mobilização crescente - e sem volta - em defesa de pautas individuais e coletivas dos trabalhadores, que culminou com a paralisação no último dia 5 de junho.

Com a luta, garantimos a reabertura da negociação e o encontro de sexta, onde retomamos a discussão do conjunto das reivindicações da categoria. O Sindieletro defendeu todas as pautas de trabalhadoras e trabalhadores e cobrou, acima de tudo, respeito e agilidade no tratamento das demandas, sejam elas individuais ou coletivas.

Já no caso do abono, como a gestão da Cemig ainda não possuía uma proposta concreta, ficou acertado um novo encontro nesta terça-feira, dia 12. Sobre a reunião, o Sindieletro entende que foi mais produtiva do que os encontros anteriores, sobretudo porque a mobilização conseguiu, de fato, pautar o debate e os anseios da categoria na gestão da empresa.

Deixamos claro que, no caso do abono, o orçamento das famílias eletricitárias, já estrangulado pelo golpe da baixa inflação, não pode esperar mais: é urgente o pagamento!

Esta segunda-feira (11), é dia de reunião da diretoria da estatal. Por isso, cobramos que discutam a nossa pauta e que venham com uma resposta positiva para a categoria nesta terça-feira (12).

Como dissemos nas setoriais e nas assembleias ao longo das últimas semanas, a chave para garantir a continuidade e o sucesso das negociações é a mesma que garantiu que essa reunião acontecesse: mobilização!

Por isso, que cada trabalhador e trabalhadora fique atento e preparado, porque se o tempo está curto, temos que fazer valer cada minuto de luta para garantir o nosso abono e as nossas pautas o mais rápido possível!

carregando
carregando