• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Marcha pela liberdade de Lula ocupa o Centro de Belo Horizonte

Manifestantes vão da Praça Afonso Arinos à Praça da Estação no Dia Nacional pela Libertação do ex-presidente e pela Retomada da Democracia

Publicado: 11 Abril, 2018 - 10h44

Escrito por: Rogério Hilário, com informações da Frente Brasil Popular

notice

Em ato convocado pelas Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo, milhares de pessoas, representando movimentos sindical, sociais, populares, estudantis e políticos, saíram pelas ruas do Centro de Belo Horizonte, na noite de quarta-feira (11), no Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Libertação de Lula e pela Retomada da Democracia no país. A concentração começou por volta das 17 horas, na Praça Afonso Arinos, e os manifestantes seguiram em marcha pelas avenidas Álvares Cabral, Afonso Pena, pela rua dos Tupinambás e Avenida dos Andradas até chegar à Praça da Estação.

O ato, coordenado pelo secretário-geral da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) e diretor do Sindieletro-MG. Jairo Nogueira Filho, fortaleceu ainda mais a unidade contra o golpe. Os manifestantes dialogaram e receberam apoio da população de Belo Horizonte durante toda o protesto.

Centenas de pessoas, convocadas pela Frente Brasil Popular, bloquearam as principais vias de entrada de Belo Horizonte na manhã desta quarta-feira (11) em protesto contra a prisão injusta de Lula - #LulaLivre!  Os atos fazem parte do Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Libertação do ex-presidente e pela Retomada de Democracia no país.  As avenidas Nossa Senhora do Carmo, Amazonas e Antônio Carlos foram interditadas pelos manifestantes.

Desde as 7 horas, A Avenida Amazonas foi fechada, na altura da Praça Louis Ensch (Praça da Vilma),  na Cidade Industrial, em Contagem.  Integrantes do MST, CMP, Sind-Saúde, Sinttel, Sindicato dos Metalúrgicos, Sindicato dos Refrataristas e Sindieletro-MG, entre outros - que compõem a Frente Brasil Popular - caminharam pela Avenida Amazonas, ocupando uma das faixas da pista. A marcha seguiu com destino a Assembleia Legislativa (ALMG) A Avenida Antônio Carlos foi bloqueada em frente à portaria do Campus da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Libertação de Lula e pela Retomada da Democracia prossegue com ato na Praça Afonso Arinos, com concentração a partir das 17 horas, em manifestação convocada pelas Frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo, integrada pela Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), demais centrais sindicais, movimentos sindical, sociais, populares, estudantis e políticos. Leve bandeiras, cores, cartazes, alegria e emoção. Faça parte deste momento histórico lutando pela liberdade de Lula e pela volta da democracia neste país. Só a luta muda. #LulaLivre.

carregando