• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

MST e Levante Popular da Juventude fazem escracho em prédio de ministra do STF

Manifestantes gritam “Justiça vendida, manobra golpista”

Publicado: 09 Abril, 2018 - 17h12

Escrito por: MST

Cerca de 450 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do Levante Popular da Juventude chegaram por volta das 16h20 desta sexta-feira (6) no prédio onde mora a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Cármen Lúcia. Eles atiraram bombas de tintas e picharam os muros e calçadas do prédio onde a golpista reside numa cobertura.

"Não vamos dar descanso para toda essa corja que deturpa as leis para beneficiar interesses do capital. Assistimos essa semana que o Supremo é tão golpista quanto Temer", afirmou Miriam Muniz da direção do MST. “Justiça vendida, manobra de golpista”, gritavam.

carregando