• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Polícia Militar despeja duas vezes 120 famílias da Ocupação Nova Jerusalém, em Nova Serrana

Famílias, que ocupavam fazenda do governo do Estado, são aterrorizadas por policiais militares

Publicado: 27 Abril, 2018 - 16h47

Escrito por: Comissão Pastoral da Terra

Urgentíssimo! 120 famílias da Ocupação Nova Jerusalém, em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas Gerais, despejadas na quinta-feira (26) da fazenda Canta Galo, do governo do Estado, sofreram, nesta sexta-feira (27), um segundo despejo, pois tinham levantado acampamento ao lado da fazenda.

A Polícia Militar expulsou o povo pela segunda vez. A PM está ameaçando prender lideranças por esbulho. Após marchar 5 quilômetros a pé, tendo passado a noite no frio, sem comer nada - nem café da manhã, nem almoço , as famílias estão na beira da BR 494, entre Nova Serrana e Conceição do Pará.  A PM continua fustigando e aterrorizando as famílias.

Tribunal de Justiça de Minas Gerais,  reveja a injusta decisão que mandou reintegrar na posse. Aliás, a decisão judicial prescrevia que não era para demolir as casas, mas várias casas tiveram a porta arrombada por policiais e/ou trabalhadores a mando de oficiais de Justiça.  Exigimos a responsabilização pelo arrombamento das portas das casas.

As famílias sem-terra e sem-moradia foram expulsas, mas o gado de fazendeiros, que usam a fazenda indevidamente, pôde ficar. Injustiça! Governo de Minas Gerais, pare de enviar a PM para violentar o povo. Libere terra para o povo viver em paz.

Nota da CPT/MG

Abraço na luta. Frei Gilvander

carregando