• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

26º Grito das Excluídas e dos Excluídos em Belo Horizonte

“Vida em primeiro lugar – Basta de miséria, preconceito e repressão! Queremos trabalho, terra, teto e participação”

Publicado: 04 Setembro, 2020 - 14h46 | Última modificação: 04 Setembro, 2020 - 14h53

Escrito por: Organização Política do 26º Grito dos Excluídos

notice

Respeitando as orientações dos órgãos de saúde, a 26ª edição do Grito das Excluídas e dos Excluídos será realizada em atos simbólicos em cinco locais de Belo Horizonte. Será respeitado o distanciamento social, uso obrigatório de máscaras, álcool em gel e demais cuidados.

A organização pede, a quem puder,  fazer atos simbólicos em suas cidades, bairros, vilas e favelas, aglomerados e ocupações, mencionando o tema: “Vida em primeiro lugar – Basta de miséria, preconceito e repressão! Queremos trabalho, terra, teto e participação”.

As vidas de milhares de mulheres e homens vêm sendo empurradas para uma fronteira de condição desumana e miserável em nosso país. Perdas de direitos e garantias  sociais, conquistas que ofereciam um mínimo de Estado de bem-estar, avanço predador sobre territórios tradicionais e sobre nossos biomas, colapso das grandes cidades e pauperização das periferias; descuido com a casa comum, com as maiores populares e persistência de uma mentalidade escravocrata e preconceituosa que torna em alvo a vida e corpos de negras e negros, das mulheres, dos povos indígenas e das pessoas com gêneros e sexualidade diversos.

A pandemia do Covid-19 tem escancarado aquilo que muitos movimentos populares, comunidades eclesiais, povos tradicionais, acadêmicos e militantes já denunciavam: nosso modelo de desenvolvimento econômico mata! Por isso, o nosso grito é para afirmar: dignidade não se negocia!

O 26º Grito das Excluídas e dos Excluídos é o terceiro Dia Nacional de Mobilização da Campanha Fora Bolsonaro.

26º GRITO DAS EXCLUÍDAS E DOS EXCLUÍDOS! VIDA EM PRIMEIRO LUGAR!

BASTA DE MISÉRIA, PRECONCEITO E REPRESSÃO!

QUEREMOS TRABALHO, TERRA, TETO E PARTICIPAÇÃO!

As intervenções e manifestações vão acontecer a partir das 10 horas do dia 7 de setembro, segunda-feira. Os locais já definidos são:

- Igreja São Francisco – Pampulha

- Viaduto da Avenida Antônio Carlos na Pedreira Prado Lopes/Ocupação Pátria Livre

- Viaduto da Avenida Antônio Carlos, com a Avenida Abrahão Caram

- Avenida Amazonas, em frente ao Mercado Central

- Praça da Estação