• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT/MG forma 44 mulheres de 14 categorias em Curso de Formação Política

Atividade de 144 horas é realizada na Escola Sindical 7 de Outubro pela Secretaria de Mulheres da Central

Publicado: 26 Agosto, 2019 - 13h15 | Última modificação: 26 Agosto, 2019 - 16h22

Escrito por: Rogério Hilário

Rogério Hilário
notice

 

A Secretaria de Mulheres da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) realizou, no último final de semana, na Escola Sindical 7 de Outubro, o último módulo do Curso Formação Política, com a entrega de certificados a 44 mulheres, de 14 categorias,  que participaram das 144 horas da atividade. O ato de formatura aconteceu na noite de sábado (24). Compuseram mesa da secretária Lucimar de Lourdes Gonçalves, o secretário-geral da CUT/MG), Jairo Nogueira Filho, o coordenador-geral da Escola Sindical, Adilson Pereira dos Santos, a formadora do Centro de Educação Popular Sedes Sapientiac (Cepis), Fernanda Cyrineo Pereira. Como uma lembrança do curso, formandas e convidadas ganharam uma bolsa da CUT/MG. Elas também participaram de uma confraternização.

Lucimar de Lourdes Gonçalves, que assumiu a Secretaria há quatro anos, revelou que o módulo encerrado concretizou um projeto de formação política de quase 100 mulheres. “Nestes quatro anos, realizamos várias atividades e cursos de formação. Foi um desafio pessoal. Sempre pensei que as mulheres deveriam estar incluídas em todos os espaços e finalizo meu trabalho com quase 100 formadas politicamente. Isso nos deixa, enquanto classe trabalhadora e militante, muito felizes, sabendo que elas têm condições de ocupar espaços com mais conhecimento. Vamos ter mais cursos pela frente, tenho certeza. Mas, antes, quero agradecer a CUT pelo apoio que tenho recebido. Agradecer ao  Jairo, à Beatriz Cerqueira (presidenta da CUT/MG e deputada estadual), a companheiras e companheiros, à minha federação, a Fetraf-MG(Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Minas Gerais) e meu sindicato por me confiar essa missão”.

A secretária de Mulheres acredita que realizou um sonho. “Encarei a Secretaria e, quando entrei, não sabia quase nada, como ela funcionava. Fui aprendendo com companheiras que estavam há mais tempo nos movimentos. Tirava as dúvidas com uma ou com outra. Hoje eu digo, que ninguém é 100%, mas me sinto muito mais preparada para enfrentar qualquer conjuntura, encarar outros módulos de formação, para formar outras mulheres, Diante da atual conjuntura que vivemos no país, nos retrocessos, da retirada de direitos, da desvalorização das mulheres, neste pais, das LGBTs, das quilombolas, das mulheres negras, me sinto na obrigação de fazer da formação. Discutindo, debatendo, levando o debate em todo os espaços, porque este governo é cruel com as vidas das mulheres. “

“Não podemos nos calar e mais mulheres serão formadas, muito mais mulheres serão mais politizadas do que já são hoje, para a gente enfrentar este processo de retirada de direitos como um todo. E a CUT vem neste viés de defender trabalhadoras e trabalhadores em todos os seus espaços, em todas as categorias, a CUT tem esta responsabilidade com a classe trabalhadora. Me sinto feliz, realizada, por ter finalizado estes quatro anos dentro da CUT, com vários espaços de formação tanto pela Central quanto de outros sindicatos que me chamaram, como Sind-UTE, as operárias, as agricultoras. Me sinto privilegiada e agradeço a confiança de cada um e cada uma que me colocaram esta responsabilidade. E, graças a Deus, em dei conta”, disse Lucimar de Lourdes Gonçalves.

Rogério HilárioRogério Hilário
Lucimar de Lourdes Gonçalves fala durante a cerimônia formatura das mulheres de 14 categorias que participaram do Curso de Formação Política na Escola Sindical 7 de Outubro

 

 Clique aqui para ver mais imagens do Curso de Formação Política para Mulheres