• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Deputada Beatriz Cerqueira defende CPI para apurar denúncias na gestão da Cemig

Parlamentares articulam ações contra desmandos do governo de Romeu Zema (Novo) e para apurar irregularidades no saneamento da Copasa. Governador prioriza privatizações de empresas estatais

Publicado: 04 Maio, 2021 - 11h16 | Última modificação: 04 Maio, 2021 - 11h27

Escrito por: Rogério Hilário

Sarah Torres/ALMG 24/09/2019
notice

A deputada estadual Beatriz Cerqueira (PT), membro da Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa, revelou, no ato e carreata do 1º de Maio – Dia das Trabalhadores e dos Trabalhadores, que está sendo articulada, junto a outros deputados, a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar denúncias de irregularidades na gestão da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e na Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Uma ação, segundo ela, contra os desmandos do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).

“Estamos construindo uma CPI para investigar as irregularidades nas contas da Cemig apresentadas pelo governo do Estado. Um governo que também tem uma postura semelhante ao governo federal, pois não fortaleceu o SUS e a Funed, para produção de vacinas para combater a pandemia de coronavírus. Precisamos que a Cemig esteja a serviço da população mineira e não de interesses privados. Uma investigação sobre as graves denúncias de irregularidades na gestão da Companhia é necessária.  *Não aceitaremos passivamente esse governo que prioriza privatizações da Cemig, da Copasa e das empresas estatais em detrimento das medidas de preservação da vida durante a pandemia”, destacou a parlamentar.