• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Enfermagem vai às ruas de Belo Horizonte pelo piso salarial e as 30 horas semanais

Sindibel realiza manifestação pela aprovação do Projeto de Lei 2.564/2020

Publicado: 04 Junho, 2021 - 12h48 | Última modificação: 04 Junho, 2021 - 12h53

Escrito por: Sindibel

@luizrochabh - LPS/Mídia Ninja
notice

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Belo Horizonte (Sindibel) realizou, na manhã de quarta-feira, 2 de junho, mais um ato pela aprovação do PL 2.564/2020, também chamado de PL da Enfermagem. O projeto de lei institui o piso salarial para enfermeiros, técnicos em enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras, além da jornada de 30 horas semanais para toda a categoria.

A atividade contou ainda com a presença de representantes da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) e de outras entidades sindicais, como o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Correios e Telégrafos de Minas Gerais (Sintect/MG).

Portando bandeiras e faixas, os manifestantes se concentraram na Praça da Estação, no Centro de Belo Horizonte. Durante as falas, foram lembrados companheiras e companheiras que faleceram sobre a sobrecarga de trabalho da categoria, que está na linha de frente do combate à pademia de Covid-19.

Após a concentração na Praça da Estação, os manifestantes saíram em passeata pelas vias do Centro da capital e receberam apoio da população. A manifestação terminou em frente ao Ministério da saúde, onde os manifestantes reivindicaram que o senador Rodrigo Pacheco (DEM/MG) coloque urgentemente o PL 2.564/2020 em pauta para a votação no Congresso.