• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota de Pesar pelo falecimento da companheira de luta e ativista Lúcia Livramento

Publicado: 04 Agosto, 2020 - 19h49

Escrito por: Sind-UTE/MG

notice

É com profundo pesar que o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG)  recebeu a notícia do falecimento da companheira de luta e ativista Lúcia Livramento, na segunda-feira, 3 de agosto.

Inarredável na luta feminista, antirracista e pelo direito à saúde pública de qualidade, Lúcia era a diretora estadual da União de Negras e Negros pela Igualdade em Minas Gerais (Unegro-MG), aposentada e integrava o Conselho Estadual da Mulher de Minas Gerais e o Fórum Unificado de BH e Região.  Ela também foi dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Belo Horizonte.

A Pandemia de Covid-19 tem levado pessoas muito importantes para representação da classe trabalhadora e dos movimentos sociais. Companheira, sentiremos a sua falta.

Mas, é sob a luz desse legado, alegria de viver e disposição para a luta que seguiremos firmes, cuidando de sua memória e reafirmando o que nos ensinou sobre ética, sensibilidade, representação trabalhista e a construção de uma sociedade mais democrática.

O Sind-UTE/MG se solidariza com a família, amigos e todas e todos companheiras e companheiros de luta nesse momento de perda e dor.

Companheira Lúcia sempre estará presente conosco.

Lúcia Livramento.

Presente! Presente! Presente!

Nota pela transição da nossa querida Lúcia Livramento 

Comunicamos que, apesar das intensas lutas da equipe médica e das inúmeras orações, nossa querida Lúcia Livramento, diretora estadual da Unegro-Minas Gerais, aposentada e ex-dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Belo Horizonte, fez sua transição hoje, depois de longa jornada contra o Covid19.

Lúcia Livramento, que também era nossa representante no Conselho Estadual da Mulher de Minas Gerais e do Fórum8MUnificado de BH e Região, foi feminista negra, guerreira e uma voz experiente na luta pela igualdade racial em MG. Deixou um legado de firmeza, disciplina, espiritualidade e amizade. Tanto assim os aniversários da Unegro eram sempre uma agenda obrigatória e única em sua casa. Sempre regados à alegria, delicioso tropeiro e conversas políticas das mais profundas....Contudo, no lugar das tristezas, seremos resistência e usaremos o exemplo da Lúcia para ampliar nosso engajamento pela liberdade, pela paz e pelo progresso da humanidade.
Assim seja!

Belo Horizonte, 02 de agosto de 2020.

Lúcia Livramento, presente!
Direção Estadual da UNEGRO– MG (União de Negras e Negros Pela Igualdade)