• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Posse política e festiva na nova sede da CUT/MG

Beatriz Cerqueira passa o comando para Jairo Nogueira Filho e recebe como homenagem placa com frases de Paulo Freire

Publicado: 11 Dezembro, 2019 - 16h51 | Última modificação: 16 Dezembro, 2019 - 16h12

Escrito por: Rogério Hilário

Isis Medeiros
notice

Em uma noite tão política quanto festiva, a Diretoria Estadual da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG), eleita no 13º Congresso Estadual  (CECUT-MG), realizado entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro no Sesc Ouro Preto, tomou posse na nova sede da Central, na sexta-feira, 13 de dezembro. O eletricitário  Jairo Nogueira Filho assumiu o cargo de presidente, transferido simbolicamente pela hoje deputada estadual Beatriz Cerqueira, presidenta da Central por dois mandatos – dois microfones, usados por ela em sua fala, foram entregues ao novo comandante da CUT Minas na gestão 2019/2023 como "bastão de comando".

 Beatriz foi homenageada com uma placa com frases de Paulo Freire que enaltecem a educação e o papel da educadora, profissão que a ex-coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), exerceu e seu histórico e decisivo protagonismo como representante das categorias do ensino público, da classe trabalhadora no Estado e de toda a luta pelos movimentos sindical, sociais, estudantis e populares em Minas Gerais e no Brasil. A posse foi coordenada pela secretária-geral recém-eleita, Lourdes Aparecida de Jesus. À cerimônia, bem informal, aconteceu uma confraternização, com muita música.

Beatriz Cerqueira fez questão de saudar a todos os sindicatos, categorias, movimentos sociais, estudantis e populares e lideranças políticas  presentes, ou que foram parceiros em seus sete anos à frente da CUT Minas. E também homenageou dirigentes que deixaram as Diretorias Executiva e Estadual, os funcionários da Central e do Sind-UTE/MG, que muito contribuíram para que administração, gestão e a articulação com todas as entidades, CUTs Regionais e parceiros fossem bem coordenadas durante seus dois mandatos. Ela lembrou as dificuldades e o preconceito que enfrentou por ser a primeira mulher a presidir a Central, em um universo sindical machista, após ser eleita em 2012. Para a deputada estadual, Jairo Nogueira Filho tem um grande desafio e a nova direção não pode falhar: conduzir a classe trabalhadora, mostrar o caminho, manter as lutas nas ruas e derrotar o governo de extrema direita e o projeto neoliberal, tanto em Minas Gerais, quanto no Brasil.

”Não estavam acostumados com uma mulher no comando. Não conversavam comigo. Não me reconheciam. Falavam sempre com o Jairo, mas ele passava tudo para mim. Superamos tudo isso e fizemos muitas lutas. A CUT é um instrumento da classe trabalhadora. Precisamos levar todas as nossas energias para a rua. Agora que deixo a presidência, quero que a CUT nos dirija, para que estejamos sempre fortes no enfrentamento com os governos estadual e federal. A CUT é uma Central que tem uma capilaridade única e pode nos conduzir nas lutas em Minas e em todo o Brasil. E atual diretoria representa, como nunca, a classe trabalhadora. Os sindicatos indicaram os seus melhores quadros”, afirmou Beatriz Cerqueira.

Para a deputada estadual, as lutas em Minas Gerais sempre interferiram na conjuntura nacional, por isso as pautas não podem ser tratadas de forma separada. “Minas Gerais sempre definiu a conjuntura nacional. Que a CUT Minas nos lidere para fazer a luta necessária, com aliança estratégica com os novimentos. Vamos poupar nossa energia para os enfrentamentos. Passo o bastão simbolicamente para o Jairo, simbolizado pelos dois microfones, assim como o caminhão vermelho, adquirido na primeira gestão e fez tantas lutas, e a nova sede. Desejo saúde, coletividade e afeto. Contem conosco, sempre.”

“A Beatriz sempre nos ensina. Não podemos nos esquecer do afeto e do acompanhamento da família, que é muito importante para entender nossa dedicação à luta. Nos aproximamos mais em 2011. Quinze dias antes do CECUT de 2012 a convencemos a ser a candidata à presidência da CUT/MG. E ganhamos um legado estrutural e político. Temos uma articulação política sólida e forte. E uma nova sede. Não sei se consigo igualar a quilometragem de Beatriz, que esteve em todos os cantos do Estado e nas lutas pelo Brasil. Você cresceu junto conosco, mudou. É um exemplo que fica para a nova direção. Vamos derrubar Zema e Bolsonaro e o povo vai ser feliz de novo”, disse Jairo Nogueira Filho.

 

 

Diretoria Executiva

Presidência: Jairo Nogueira Filho (Sindieletro-MG)

Vice-presidência: Francisco Pereira dos Santos (Sindicato dos Metalúrgicos de Pouso Alegre)

Secretaria-geral: Lourdes Aparecida de Jesus (Sind-UTE/MG)

Secretaria de Administração de Finanças:  Sebastião da Silva Maria (Sindicato dos Bancários de BH e Região)

Secretaria de Comunicação: Felipe Pinheiro Martins de Paiva (Sindipetro-MG)

Secretaria de Formação Sindical: Jefferson Leandro T. da Silva (Sindieletro-MG)

Secretaria de Organização e Política Social: Andrea Hermógenes Martins (Sindibel)

Secretaria da Mulher Trabalhadora: Lucimar de Lourdes G. Martins (Sintraf Simonésia)

Secretaria de Relações de Trabalho: Carlos Alberto da Silva (Sindicato dos Servidores Municipais João Monlevade)

Secretaria de Políticas Sociais e Direitos Humanos: Yara Cristina Batista Diniz (Sind-Saúde Betim)

Secretaria da Juventude: Lourdes de Fátima Pires (Sinttel-MG)

Secretaria de Combate ao Racismo: Elaine de Fátima Ribeiro (Sind-UTE/MG)

Secretaria de Saúde do Trabalhador: Tatiane Aparecida Fonseca (Sindicato dos Metalúrgicos de Extrema)

Secretaria do Meio Ambiente:  Eduardo Pereira de Oliveira (Sindágua-MG)

Secretaria de Assuntos Jurídicos: Watoira Antônio de Oliveira (Sindicato dos Bancários de Juiz de Fora)

Secretaria de Cultura: Aparecida de Oliveira Pinto (Sinpro-JF)

Secretaria de Mobilização e Relação com os Movimentos Sociais: Irani Fernandes Leandro (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Correios de Minas Gerais – Sintect-MG)

Secretaria Executiva: Abdon Geraldo Guimarães (Sind-UTE/MG)

Direção Estadual

Denise de Paula Romano (Sind-UTE/MG)

Paulo Henrique Santos Fonseca (Sind-UTE/MG)

Bianca da Silva (Secua)

Benedita Donizete Soares (Sindicavespar)

Vilma Moreira dos Santos (Sindsep)

Valdinei Pereira de Jesus (Sindsep)

Valquíria Aparecida de Jesus (Sindicato dos Economistas - Sindecon)

Carlos Augusto Vasconcelos (Sindicato dos Bancários de BH e Região)

Jucélia Oliveira Pereira Santana (Sindicato dos Bancários de BH e Região)

Magna dos Reis Ferreira Vinhal (Sindicato dos Bancários de Patos de Minas e Região)

Eder de Oliveira Fernandes (Sintraf Simonésia)

Márcio Dúlio de Oliveira ( Sinttrub Uberlândia)

Bruno Abreu Gomes (Sindibel)

Jorge Ferreira Filho (Sindicato dos Assalariados Rurais de Varginha)

Rosângela Gomes Soares da Costas (Sindifes)

Robson Gomes Silva (Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Minas Gerais – Sintect-MG)

Cristina Del Papa (Sindifes)

José Maria dos Santos (Sindágua-MG)

 Clique aqui para ver mais fotos da posse política