• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Professores da Rede Particular definem próximos passos da Campanha Salarial 2019

Luta central da categoria é pela manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho

Publicado: 28 Novembro, 2018 - 17h37 | Última modificação: 28 Novembro, 2018 - 17h43

Escrito por: Sinpro-JF

notice

 

Os professores da Rede Particular de Juiz de Fora participaram terça-feira (27/11) de assembleia convocada pelo sindicato para deliberar sobre os próximos passos da Campanha Salarial 2019.

No último encontro da categoria, realizado em setembro, os trabalhadores aprovaram a pauta de reivindicações, protocolada, na sequência, pelo sindicato. A luta central dos professores é pela manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), que está sob ataque desde a aprovação da reforma trabalhista no final de 2017. Com as mudanças na legislação, a ultratividade das normas coletivas está suspensa: na prática, significa que a CCT pode evaporar com o término de sua vigência, em 1º de fevereiro de 2019.

Desde então, o Sinpro-JF tem reivindicado reuniões com o sindicato patronal. A segunda rodada de negociação ocorreu no último dia 26. Os patrões não apresentaram propostas concretas, mas apontaram cláusulas que desejam modificar, deixando a categoria em alerta. A próxima reunião será no dia 12 de dezembro. Os professores reafirmaram total disposição par defender seus direitos! Os trabalhadores autorizaram o sindicato a convocar nova assembleia com paralisação, no início de 2019, caso não haja avanço nas negociações.

A categoria também debateu os desdobramentos do projeto Escola sem Partido. O Sinpro-JF lembrou que a Contee moveu Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra a Lei 7.800/2016, com o mesmo teor do projeto Escola sem Partido, aprovada pela Assembleia Legislativa de Alagoas. Ano passado, o ministro Roberto Barroso deferiu liminar suspendendo a norma no estado. Se o plenário seguir o entendimento do relator Barroso, o julgamento deverá servir de precedente contra a Escola sem Partido.

carregando
carregando