• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindibel cobra, em ato, inclusão de categorias essenciais no plano de vacinação

 Sindicato faz manifestação em frente à PBH no Dia Nacional de Luta em Defesa da Vida, da Vacina, do Emprego e do Auxílio Emergencial de R$ 600

Publicado: 26 Março, 2021 - 11h18 | Última modificação: 26 Março, 2021 - 11h43

Escrito por: Sindibel

Luiz Rocha/Mídia Ninja
notice

 

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Belo Horizonte (Sindibel) realizou, no início da tarde de quarta-feira (24), ato simbólico em frente à Prefeitura. A manifestação fez parte do Dia Nacional de Luta em Defesa da Vida, da Vacina, do Emprego e do Auxílio Emergencial de R$ 600.

Devido ao agravamento da pandemia de Covid-19 e o colapso do sistema de saúde da capital, não houve mobilização de servidoras e servidores. Por isso os dirigentes do Sindibel participaram da atividade e reivindicaram, também, pelo direito de trabalhadoras e trabalhadores da fiscalização, da assistência social e da SLU, categorias essenciais nesta pandemia, serem incluídos no plano de vacinação. A ação contou com a presença do presidente da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais, Jairo Nogueira Filho.

A categoria, no entanto, participou do movimento como podia: fazendo paralisação de 24 horas. O Sindibel segue na luta que estes trabalhadores e todos aqueles que estão expostos ao risco de contaminação sejam incluídos no plano de vacinação.