• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sintraf lança Campanha dos Bancários 2018 em Juiz de Fora

Ato público alerta a categoria bancária sobre o risco da perda de direitos

Publicado: 11 Julho, 2018 - 15h14 | Última modificação: 11 Julho, 2018 - 15h18

Escrito por: Sintraf JF

Sintraf JF
notice

 

Nesta quarta-feira (11 de julho), em diversas cidades do país bancárias e bancários foram às ruas para exigir que seus direitos sejam respeitados e que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) assine o Pré-Acordo, garantia da ultratividade das conquistas resultado de muita luta.

Em Juiz de Fora, o Sindicato dos Bancários da Zona da Mata e Sul de Minas (Sintraf JF), além de realizar o ato, aproveitou o momento para lançar junto à categoria e população a Campanha Nacional dos Bancários 2018 que tem como tem "Todos Por Tudo".

Os diretores percorreram diversas agências da região central com faixas, falas e panfleto sobre a importância da participação efetiva da categoria para a manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT dos Bancários). Além disso, intervenções com esquetes produzidas pela Truta Produções através da atuação das artistas, Fafáh Ramos e Caroline Gherein, criticaram os ataques com a Reforma Trabalhista, a redução dos empregos, a alta lucratividade dos bancos e o risco de perder de vistas os direitos.

O presidente do Sintraf JF, Watoira Antônio, reforça que o sindicato já iniciou as atividades da campanha percorrendo agências e realizando reuniões com os bancários, reforça a importância da assinatura do Pré-acordo pela Fenaban na reunião do dia 12 de julho e do calendário de negociações. Para ele a participação efetiva da categoria é essencial, "o bancário deve vir para a luta, ser presença nos atos, reuniões e assembleias convocadas pelo sindicato. Só assim é possível se inteirar e debater a campanha. Temos que estar juntos e preparados para lutar por tudo, garantir a mesa unificada. Agora é Todos por Tudo!", encerra.

O Comando Nacional tem mesa de negociação agendada para, amanhã dia 12. A presidenta da Contraf-CUT lembra em entrevista ao site da confederação que a CCT completa 26 anos em 2018, "e sua construção é resultado de um processo democrático com respeito à representação dos trabalhadores e dos bancos. E assim queremos que continue sendo.”.

Utilize nas redes sociais:

#TodosPelosDireitos

#AssinaFenaban

carregando