• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Subsede do Sind-UTE/MG em Caratinga faz ato contra a Reforma da Previdência

Respeitando as normas de isolamento social em face da Covid-19, educadores e educadoras denunciaram que o governo Zema ataca direitos históricos dos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público

Publicado: 14 Julho, 2020 - 13h40

Escrito por: Sind-UTE/MG

notice

#DerrubeReformaALMG – Na última sexta-feira (10), a Subsede do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE/MG) em Caratinga fez um ato simbólico. Respeitando as normas de isolamento social em face da Covid-19, educadores e educadoras denunciaram que o governo Zema ataca direitos históricos dos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público.

Com faixas e cartazes eles chamaram a atenção da população em locais estratégicos e de ampla visibilidade pedindo aos deputados e deputadas da ALMG que votem contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55/2020 e o Projeto de Lei Complementar (PLC) 46/2020 da Reforma da Previdência do governo do Estado.

Vale lembrar que no último dia 8 de julho a Assembleia Legislativa de Minas Gerais decidiu adiar para agosto a votação da Reforma da Previdência do governo do Estado e realiza, desde segunda-feira (13), um seminário (webinar) por meio remoto sobre a matéria. As entidades sindicais que representam o funcionalismo público participarão nesta terça-feira (14) e nesta quarta-feira (15).